Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

CTIC realiza melhorias no backbone do Campus Básico

  • Publicado: Terça, 04 de Abril de 2017, 04h49

Com o objetivo de aumentar a área de cobertura do backbone do Campus Básico, o Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação (CTIC) realiza melhorias na Rede Darwin, expandindo a extensão do backbone. 

“Em quase 10 anos da implantação da Rede Darwin, muitos prédios foram construídos em regiões onde o backbone original não passava e por conta disso era necessário lançar uma extensão longa de cabos de fibra óptica (fibra de acesso) desde o prédio até o backbone”, destaca Marcelo Moraes, Coordenador de Redes do CTIC. 

Em um primeiro momento, os prédios mais próximos da orla poderão migrar para o trecho novo, reduzindo a extensão da fibra de acesso, com isso se reduz o risco de paradas na rede por conta de rompimento da fibra de acesso. Os prédios do Vadião, Mirante do Rio, Restaurante Universitário e a Editora da UFPA serão remanejados para o novo trecho e o Anexo da Reitoria, que hoje está ligado fisicamente à rede da Reitoria, receberá uma conexão de fibra independente.

Para o segundo semestre a Coordenadoria de Redes avalia elaborar um projeto semelhante, para atender as áreas que não foram provistas no projeto inicial do backbone do Campus Profissional/Saúde.

 

Rede Darwin

Em homenagem ao centenário da Teoria da Evolução, criada pelo naturalista britânico Charles Darwin, a Rede Darwin é uma rede projetada para atender a todas as unidades da Cidade Universitária por meio de um backbone óptico de alta capacidade. A Rede Darwin utiliza a topologia Anel. Nesta topologia utiliza-se a dupla abordagem, que consiste em atender os prédios por dois pares de fibra, e cada par segue uma caminho diferente até o CTIC. Isto garante redundância de link e minimiza os problemas causados por rompimento de fibra, que podem ocorrer por queda de árvores, por exemplo.

 

Backbone

Backbone significa “espinha dorsal”, e é o termo utilizado para identificar a rede principal pela qual os dados de todos os clientes da Internet passam. É a espinha dorsal da Internet. Para que a velocidade de transmissão não seja lenta, o backbone utiliza o sistema “dividir para conquistar”, pois divide a grande espinha dorsal em várias redes menores.

 

Texto: Caio Maia – Assessoria de Comunicação da UFPA.

Foto: Alexandre Moraes

registrado em:
Fim do conteúdo da página