Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Histórico
Início do conteúdo da página

Histórico

Publicado: Quinta, 03 de Novembro de 2016, 16h46

O Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação (CTIC), antes denominado Serviço de Estatística e Computação (SECOM), foi inaugurado no dia 3 de junho de 1972 em um prédio de 502 metros quadrados. Sua criação teve como objetivo a utilização da informática nas atividades de ensino, pesquisa, extensão e administração da Universidade Federal do Pará. Na época, suas principais funções eram: fazer a coleta e a apresentação estatística das atividades didáticas, científicas e administrativas desempenhadas pela Universidade; fazer o processamento dos dados estatísticos através da computação e realizar a computação dos dados de que necessitasse a Universidade no campo de pesquisa, ensino e administração.

Em junho de 1972, o primeiro computador instalado no SECOM foi um IBM 1130. Um computador de porte médio orientado às aplicações no ensino, pesquisa e engenharia suportando também serviços administrativos de pequeno volume. O processador desse equipamento tinha 16 Kpalavras de 16 bits cada, a memória em disco possuía 512.000 palavras em cada uma das duas unidades instaladas.

Em janeiro de 1980, foi instalado o computador DECSystem/10, iniciando um novo ciclo tecnológico na Universidade. O IBM 1130 foi remanejado em 1981 para a Sociedade de Educação do Triângulo Mineiro / Faculdades Integradas de Uberaba. Para atender ao crescimento do serviço, foi construída uma nova ala onde se instalou o DEC-10.

Em 1985, com a aprovação do novo regimento da reitoria, o SECOM recebeu uma nova denominação, e passou a ser vinculado à Pró-reitoria de Planejamento e Desenvolvimento.

Em 1991, quando o DEC-10 estava quase inoperável, a IBM colocou em comodato na UFPA um computador 4381-P02 com 32 Mbytes de memória principal, 13 Gbytes de memória em disco, duas unidades de fita magnética, uma controladora, 95 terminais de vídeo e 50 impressoras.

Com a instalação de microcomputadores em diversos setores do campus de Belém, a utilização de redes locais, e a presença da Rede Nacional de Pesquisa (RNP) com acesso à Internet em 1992 na UFPA, foi natural o crescimento no número de redes de computadores.

A UFPA instalou no final de 1998 uma infraestrutura de comunicação no campus de Belém, com fibra ótica para permitir a interconexão das diversas redes de computadores da Instituição e otimizar a comunicação local, nacional e internacional.

Em outubro de 1999,  o IBM-4382-P02 foi desativado e  todos os seus serviços foram migrados para plataformas RISC-AIX, PC-Intel-Windows-NT, linguagem de programação DELPHI 3.2, Banco de Dados DB2-IBM e, utilizando tecnologia Cliente/Servidor, lançou o software UFPA 2000, encerrando o ciclo de mainframe na UFPA.

Em 2005, a equipe de desenvolvimento de sistemas do CTIC efetivou a atualização do Sistema UFPA 2000 para uma nova versão no DB2-IBM. Os sistemas administrativos foram todos retirados e atualizados, seu funcionamento nessa nova versão recebeu o nome de UFPA 2005.

Já no início de 2006, com um investimento de mais de 300 mil reais, o switch central do Backbone da UFPA foi atualizado tornando-se uma rede com tecnologia gigabite. A nova rede passou a ser até 100 vezes mais rápida que a anterior, pois o novo equipamento era mais moderno e flexível, permitindo um maior controle e uma melhor administração. Em 2008, houve a expansão do backbone, com a implantação de um novo switch de núcleo e a evolução da topologia de rede, a partir daquele ano foi iniciado o processo de anel óptico em toda Cidade Universitária.

No período de 2010, até meados de 2014, o CTIC começou o processo de implantação de uma rede sem fio para toda comunidade acadêmica, denominada de UFPA 2.0, a primeira solução instalada atendeu muito bem aos usuários, entretanto a partir de 2014 foi necessário a expansão da rede, com upgrades de rádios e controladora para poder atender o número de usuários que cresceu bastante, a nova infraestrutura de rede sem fio se mantém estável até os dias. Paralelo a rede sem fio, o CTIC começou a implantação de um novo Sistema Integrado de Gestão, o SIG-UFPA, adquirido junto à UFRN, o novo sistema atende todas as áreas administrativas e acadêmicas da instituição e é implementado de forma modular.

Em 2015, houve mais um grande investimento na infraestrutura de TI, foi adquirido um novo storage de armazenamento para realizar o backup dos sistemas mais críticos da instituição, também foram adquiridos novos servidores com maior capacidade de processamento.

No ano de 2016, houve investimento no link de dados da UFPA, o enlace que até o primeiro semestre era de 1 Gbps com o PoP-PA, passou para 10 Gbps após aquisição de módulos adicionais para o switch de núcleo da rede, o que garante pelo os próximos cinco anos suportar a demanda de tráfego da instituição com acesso à internet.

Foto: Arquivo de Alexandre Moraes.

registrado em:
Fim do conteúdo da página